rehabilitacion tuberia muro canalis

GRUPO CANALIS realiza para a UTE PONTESUR a reabilitação de 70 metros de tubagem em Arbo (Pontevedra)

No início de fevereiro, no município de Arbo (Pontevedra), o GRUPO CANALIS realizou a reabilitação de 70 metros de conduta para a concessionária de conservação rodoviária da Xunta de Galicia, a UTE PONTESUR (formada pelas empresas AUDECA e SAN JOSÉ) através do qual a água para rega circula por diferentes terrenos.

O trabalho de drenagem transversal (ODT) foi concluído numa única manhã e serviu para realizar a renovação de uma infraestrutura de betão com inúmeras ligações que estavam em mau estado de conservação devido ao aparente vazamento e raízes.

Os vazamentos existentes estavam a desestabilizar o muro de contenção onde se localiza a rede viária que liga os municípios de Arbo e As Neves, que pôs em perigo a estabilidade da estrada, dos veículos e dos peões que nele circulam.

Por outro lado, as raízes obstruíram o fluxo normal da rede de canalização, com a consequente estagnação e desperdício de água.

O tubo, com um diâmetro de DN400, foi submetido a uma reabilitação linear, introduzindo um novo tubo de fibra de vidro e redes de poliéster resistentes à corrosão e impregnados com resina. Posteriormente, um processo de cura foi realizado através de um tubo de raios ultravioleta, uma tecnologia que permite que o novo tubo seja adaptado ao diâmetro do original.

Todo o trabalho foi feito sem abrir qualquer vala e sem afetar o pavimento, permitindo o tráfego normal de veículos e pedestres em todos os momentos. Esta metodologia destaca a preocupação do GRUPO CANALIS pela conservação de infraestruturas, tanto no subsolo como na superfície.

.

previous arrow
next arrow
Slider
retube canalis

RETUBE e GRUPO CANALIS colaboram na reabilitação de condutas com tecnologia sem vala

A tecnologia sem vala evita a perfuração em calçadas e estradas e reduz as emissões de CO2

.

A pasada semana uma parte da equipa e do pessoal da RETUBE instalaram junto ao pessoal da CANALIS diferentes liners em condutas com diâmetros DN500 e DN800 que foram curados com raios ultravioleta.

Para esta reabilitação foi utilizada a tecnologia sem vala a fim de evitar a perfuração de passeios e estradas, reduzindo assim as emissões de CO2. Desta forma, nem o trânsito nem o tráfego de pedonal foram interrompidos, evitando o ruído e o desconforto típicos da metodologia tradicional.

Com o sistema de cura ultravioleta do GRUPO CANALIS e da RETUBE, novas condutas foram criadas dentro das existentes. Um trem luminoso de raios ultravioleta foi aplicado em material de fibra de vidro e redes de poliéster resistentes à corrosão e impregnados com resina.

Antes desta operação, as seções afetadas foram inspecionadas com uma câmera CCTV controlada remotamente. O próximo passo foi uma limpeza de pressão para permitir que a nova conduta adira adequadamente ao existente.

Com esta intervenção, o GRUPO CANALIS e a RETUBE mostran mais uma vez o compromisso para que os serviços de canalização atinjam nossas casas de forma eficiente e respeitando o meio ambiente.

novas instalaes retube amarante

RETUBE abre novas instalações em Amarante (Portugal)

A empresa de soluções tecnológicas adquire novos equipamentos, como uma câmera CCTV e monitores para o controle total do trabalho

.

A RETUBE Soluções Tecnológicas, filial do GRUPO CANALIS, acaba de se instalar em Amarante nas instalações do Instituto Empresarial do Tâmega (IET).

Para seus novos projetos, esta empresa, especializada no setor de água através da utilização de métodos não invasivos, acaba de adquirir novos equipamentos de limpeza, inspeção video de condutas e levantamento cadastral de infraestruturas.

Entre os novos equipamentos tecnológicos, destaca-se a câmera CCTV de controle remoto, que é usada para observar e identificar características e anomalias existentes nos tubos, ou monitores que permitem um controle total das ações.

Com este novo passo, o GRUPO CANALIS reforça a sua presença em Portugal e consolida o seu compromisso com a tecnologia sem vala na inspecção, limpeza e reabilitação de tubos em todos os tipos de condutas. Desta forma, a empresa mostra seu compromisso com o bom funcionamento dessas infraestruturas e, ao mesmo tempo, com o meio ambiente e o bem-estar dos cidadãos, reduzindo emissões de CO2, o ruído e o inconveniente de uma obra tradicional.

.

Foto: Pedro Costa (Maranus.net)

Foto: Pedro Costa (Maranus.net)

Foto: Pedro Costa (Maranus.net)

Foto: Pedro Costa (Maranus.net)

previous arrow
next arrow
Slider
veiculo limpeza desobstrução arteixo

GRUPO CANALIS inicia a manutenção das redes de saneamento e águas pluviais de Arteixo (Corunha)

A prestação de serviço inclui uma câmara CCTV com controle remoto e um veículo de capacidade de 13.500 litros.

.

O GRUPO CANALIS, que integra a Retube – Soluções Tecnológicas, iniciou a prestação de serviço de limpeza e desobstrução das redes de saneamento e águas pluviais geridas pelo Município de Arteixo, Galiza, com uma duração de quatro anos.

Os trabalhos incluem ainda gestão integral de resíduos, para a qual a empresa de soluções tecnológicas para inspeção, limpeza e reabilitação de condutas tem autorização da Xunta de Galicia.

Para cumprir as diferentes tarefas, o GRUPO CANALIS coloca à disposição do Município de Arteixo os recursos humanos e materiais necessários. Entre eles, um novo veículo com uma capacidade de 13.500 litros, que pode ser usado tanto para água limpa como águas residuais através de dois tanques adaptáveis ​​a diferentes volumes, permitindo também o armazenamento de 13.500 litros de um único conteúdo.

Outro equipamento utilizado para estas obras é a câmara CCTV integrada num equipamento de controle remoto. Este dispositivo permite detetar as anomalias existentes nas condutas sem a necessidade de abrir valas.

Com este contrato, o GRUPO CANALIS consolida a sua presença no norte da Galiza e mantém o seu firme compromisso com a tecnologia sem abertura de vala para a inspeção, limpeza e reabilitação de todos os tipos de condutas.

barragem da regua grupo canalis

Reabilitação da conduta de alimentação do jato de água da escada de peixes da Barragem de Bagaúste na Régua (Portugal)

A Retube reabilitou a conduta de alimentação do jato de água da escada de peixes da Barragem de Bagaúste na Régua (Portugal).

A intervenção teve a duração de 3 dias, e incluiu os trabalhos de inspeção preliminar, limpeza da conduta e reabilitação com recurso a manga de poliéster e inspeção final para validação das condições finais.

Esta intervenção faz parte uma intervenção geral no sistema de eclusão de peixes e permitiu repor a estanquidade do troço intervencionado.

previous arrow
next arrow
Slider