rehabilitacion tuberia muro canalis

GRUPO CANALIS realiza para a UTE PONTESUR a reabilitação de 70 metros de tubagem em Arbo (Pontevedra)

No início de fevereiro, no município de Arbo (Pontevedra), o GRUPO CANALIS realizou a reabilitação de 70 metros de conduta para a concessionária de conservação rodoviária da Xunta de Galicia, a UTE PONTESUR (formada pelas empresas AUDECA e SAN JOSÉ) através do qual a água para rega circula por diferentes terrenos.

O trabalho de drenagem transversal (ODT) foi concluído numa única manhã e serviu para realizar a renovação de uma infraestrutura de betão com inúmeras ligações que estavam em mau estado de conservação devido ao aparente vazamento e raízes.

Os vazamentos existentes estavam a desestabilizar o muro de contenção onde se localiza a rede viária que liga os municípios de Arbo e As Neves, que pôs em perigo a estabilidade da estrada, dos veículos e dos peões que nele circulam.

Por outro lado, as raízes obstruíram o fluxo normal da rede de canalização, com a consequente estagnação e desperdício de água.

O tubo, com um diâmetro de DN400, foi submetido a uma reabilitação linear, introduzindo um novo tubo de fibra de vidro e redes de poliéster resistentes à corrosão e impregnados com resina. Posteriormente, um processo de cura foi realizado através de um tubo de raios ultravioleta, uma tecnologia que permite que o novo tubo seja adaptado ao diâmetro do original.

Todo o trabalho foi feito sem abrir qualquer vala e sem afetar o pavimento, permitindo o tráfego normal de veículos e pedestres em todos os momentos. Esta metodologia destaca a preocupação do GRUPO CANALIS pela conservação de infraestruturas, tanto no subsolo como na superfície.

.

previous arrow
next arrow
Slider
retube canalis

RETUBE e GRUPO CANALIS colaboram na reabilitação de condutas com tecnologia sem vala

A tecnologia sem vala evita a perfuração em calçadas e estradas e reduz as emissões de CO2

.

A pasada semana uma parte da equipa e do pessoal da RETUBE instalaram junto ao pessoal da CANALIS diferentes liners em condutas com diâmetros DN500 e DN800 que foram curados com raios ultravioleta.

Para esta reabilitação foi utilizada a tecnologia sem vala a fim de evitar a perfuração de passeios e estradas, reduzindo assim as emissões de CO2. Desta forma, nem o trânsito nem o tráfego de pedonal foram interrompidos, evitando o ruído e o desconforto típicos da metodologia tradicional.

Com o sistema de cura ultravioleta do GRUPO CANALIS e da RETUBE, novas condutas foram criadas dentro das existentes. Um trem luminoso de raios ultravioleta foi aplicado em material de fibra de vidro e redes de poliéster resistentes à corrosão e impregnados com resina.

Antes desta operação, as seções afetadas foram inspecionadas com uma câmera CCTV controlada remotamente. O próximo passo foi uma limpeza de pressão para permitir que a nova conduta adira adequadamente ao existente.

Com esta intervenção, o GRUPO CANALIS e a RETUBE mostran mais uma vez o compromisso para que os serviços de canalização atinjam nossas casas de forma eficiente e respeitando o meio ambiente.